Osteopatia: quais são as indicações do tratamento

Osteopatia, Para você, Tratamentos

A osteopatia é um sistema de tratamento que cresce cada vez mais no Brasil, impulsionada pela sua eficácia. Quando passa pela experiência de ser atendido por um fisioterapeuta especialista na área, a pessoa a diferença de ser tratada por inteira e comenta com os amigos. É por isso que o tratamento osteopático tem sido bastante procurado. Você sabe como ele pode te ajudar? 

Criada pelo médico americano Andrew Taylor Still, no ano de 1874, a osteopatia é uma especialidade da fisioterapia que utiliza de técnicas manuais e um raciocínio próprio para recuperar a saúde. De acordo com os ensinamentos deixados pelo Dr. Stiil, o corpo tem tudo o que precisa para enfrentar as doenças, basta que ele esteja em equilíbrio. 

Ao longo da consulta de osteopatia, o fisioterapeuta utiliza técnicas manuais para aliviar a dor e melhorar a mobilidade da parte do corpo. Entre os principais objetivos do tratamento estão: restabelecer a função das estruturas e sistemas para promover o alívio de dores e recuperar o equilíbrio entre o corpo e a mente. 

A osteopatia é um tratamento recomendado pela OMS 

Você sabia que o tratamento com osteopatia é reconhecido e recomendado pela Organização Mundial de Saúde? Além disso, é regulamentado pelo Coffito, que é o Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional. Isso significa que, no Brasil, apenas fisioterapeutas formados podem realizar o tratamento. 

É importante lembrar que a osteopatia é segura! Você pode procurar um Fisioterapeuta Osteopata quando estiver com dor, sentir incômodos em áreas específicas ou se quiser preparar o corpo para um período de exercícios físicos mais intensos. Sabe quando você sente que “o corpo está um pouco travado”? Essa também é uma razão para procurar o atendimento!

A osteopatia é indicada para quais perfis de paciente?

Como a osteopatia é uma terapia que engloba conhecimentos da medicina alternativa e não utiliza medicamentos, ela não é invasiva ou gera efeitos colaterais. Portanto, é indicada para pacientes de diferentes estilos de vida! 

O tratamento osteopático é muito versátil e apresenta benefícios para quadros clínicos variados. Dos pacientes recém-nascidos, que acabaram de chegar ao mundo e precisam se preparar para o crescimento saudável, até os mais idosos, que já viveram muitas situações, todos podem ter mais qualidade de vida com os cuidados de um fisioterapeuta osteopata. 

O tratamento Osteopático é recomendado para quais casos?

Em uma sessão de osteopatia, o profissional utilizará o raciocínio osteopático para avaliar o paciente e identificar onde está a causa da dor. Como o tratamento é personalizado para cada pessoa, ele também é muito abrangente. Ou seja, pode ser aplicado em diferentes casos! 

Entre as doenças mais comuns nos consultórios de osteopatia estão: 

  • Hérnia de disco
  • Lombalgias
  • Ciática
  • Escoliose
  • Patologias ligadas à saúde da mulher
  • Tensões
  • Problemas decorrentes de alterações no Sistema Nervoso Autônomo

A osteopatia oferece algum risco? 

Pode ficar tranquilo, o tratamento com osteopatia não é invasivo. Você será submetido a uma avaliação no começo da consulta e será tratado de acordo com as suas necessidades. No entanto, dependendo da gravidade das lesões musculares ou no nervo, pode existir um pequeno desconforto após as sessões, que passa depois de algumas horas. 

A osteopatia é uma área da fisioterapia que utiliza a terapia manual em vez de medicamentos para aliviar dores. A partir de um raciocínio próprio e uma filosofia que prioriza a saúde integral do corpo humano, o tratamento apresenta bons índices de recuperação e pode ser feito em pacientes de diferentes idades. 

Quer conhecer mais sobre a osteopatia?

Encontre a Clínica EOM mais próxima!

Publicado em 30 maio de 2022