Os benefícios da osteopatia para quem tem hérnia de disco

Para você, Sem categoria, Tratamentos

Todo mundo conhece pelo menos alguém que sofre com a hérnia de disco. Esse é um problema comum entre os brasileiros! Dizem por aí que não existe solução para ele. Porém, a osteopatia é o tratamento recomendado e oferece ótimos resultados para pacientes com esse quadro clínico. Você sabe como ela funciona?

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, oito em cada dez pessoas no mundo sofrem de hérnia de disco. Ela acontece quando discos de amortecimento que estão entre as vértebras vão perdendo elasticidade e causam o comprometimento do nervo ciático. Na maioria das vezes, a restrição na região gera sintomas de dor e formigamento nas pernas e nos pés.

As principais causas da hérnia de disco são o desgaste e o envelhecimento, que podem gerar uma compressão no nervo, mas existem outras razões para o aparecimento da doença, como o sedentarismo. Apesar de atingir em sua maioria a população idosa, pessoas mais jovens também podem desenvolver o problema se não tiverem uma rotina de cuidados com o corpo.

Quais os sintomas da hérnia de disco?

A hérnia de disco pode desencadear sintomas diferentes de acordo com a idade e estilo de vida do paciente. A localização da hérnia também interfere na região e na intensidade dos sintomas.

 Entre as queixas mais comuns nos consultórios de osteopatia estão: 

  • Dor intensa na perna
  • Dor no quadril e na região lombar
  • Formigamento
  • Perda de força nas partes afetadas (inclusive ombros e braços)
  • Em casos mais graves, a paralisia de algum músculo
  • Tonturas e zumbidos
  • Em situações de alta gravidade, perda do controle de fezes e urina. 

Se você sente alguns desses sintomas com frequência, procure um Fisioterapeuta Osteopata para ter um diagnóstico mais completo. É importante entender onde está a origem do problema para encontrar um tratamento adequado para o seu caso.

Fatores que contribuem para a piora da hérnia de disco 

A hérnia de disco é uma doença crônica. Existem coisas que contribuem para o desenvolvimento da doença, entre elas: postura errada, falta de exercícios físicos e excesso de peso. Inclusive, até a alimentação inadequada pode colaborar com a intensidade dos sintomas. 

Os processos de envelhecimento e o desgaste generalizado da coluna aumentam as chances de desenvolver uma hérnia de disco, assim, como as atividades repetitivas ou algum ferimento causado à coluna. A boa notícia é que a maioria dos casos pode ser resolvida sem a necessidade de uma cirurgia, através do tratamento osteopático e mudanças nos hábitos de vida.  

Um bom Fisioterapeuta Osteopata poderá tratar sua hérnia de disco 

A osteopatia é uma especialidade da fisioterapia com uma metodologia própria. O objetivo do tratamento é organizar toda a coluna e identificar os locais que não estão realizando suas funções adequadas no corpo. A principal razão para a eficácia nos casos de hérnia de disco é o raciocínio osteopático, utilizado no momento do diagnóstico. 

Durante o atendimento de osteopatia, o profissional avaliará o tamanho da hérnia, seu posicionamento e como o corpo reage aos testes específicos. Depois dessa análise, aplicará técnicas manuais para conseguir um realinhamento das vértebras e recuperar a movimentação normal da área. 

Em alguns casos, os resultados começam a aparecer na primeira sessão. Durante o tratamento, inclusive, pode haver até a diminuição da hérnia, mas mesmo que isso não aconteça, as dores e outros sintomas irão desaparecer. Ou seja, você viverá sem as queixas que te incomodam hoje! 

A hérnia de disco exige do paciente um cuidado especial. Além do tratamento com osteopatia, é importante adotar hábitos saudáveis, manter o peso dentro do valor recomendado e interagir com o meio ambiente de forma saudável. 

Precisa encontrar um Fisioterapeuta Osteopata perto de você?

Fale com a equipe da Clínica EOM

Publicado em 18 maio de 2022